23 de abr de 2009

21 e 22 de Abril

Descobrimento do Brasil , Tiradentes e o Aniversário de Brasília.

Por Vítor Andrade*

Descobrimento do Brasil:

A cerca de 509 anos Pedro Álvares Cabral pisava “Descobriria o Brasil”, será mesmo? Na verdade Cabral ganhou essa fama somente por que deu sorte e foi o único dar o verdadeiro valor ao Brasil, ou seja os Chineses, os Vikings, e Vicente Pizón não deram importância ou não se adaptaram ao continente.E também por ser valorizada a carta de Pero Vaz de Caminha ao “Descobrir o Brasil”

Cabe lembrar que o século XV e XVI foi o período de grandes navegações portuguesas e espanholas, mas que esses povos já antes citados também faziam grandes navegações, o que os impediu de entrarem para história é justamente o Eurocentrismo, que faz com que até hoje os mapas tenham a Europa no centro, ou retratos de Jesus Cristo com olhos azuis ou verdes, de pele branca etc...

Só relembrando que em 1492 teria sido descoberta a América, nome herdado por em homenagem a Américo Vespúcio que além de mercador era cosmográfo e que também participou de algumas embarcações de Colombo, Américo era Italiano e Colombo não se sabe sua origem, mas há estudos que o apontam como genovês.

Após a descoberta de Colombo Vicente Pizón, teria conseguido permissão da Coroa Espanhola e financiado mais uma expedição em 1495, teria chegado à Santa Maria da Consolação, ou seja, Pernambuco onde hoje fica o cabo de Santo Agostinho, aonde prosseguindo para o norte chegou até o Rio Amazonas o apelidando de mar doce. Somente 5 anos mais tarde teria chegado aqui em 22 de Abril de 1500, após o comandante e explorador Vasco da Gama o nomea-lo para a expedição Em 1499, foi nomeado pelo soberano como capitão-mor da armada que se dirigiria à ìndia após o retorno de Vasco da Gama. Teria então cerca de trinta e três anos de idade. A missão de Cabral era a de estabelecer relações diplomáticas e comerciais com o Samorin, reerguendo a imagem de Portugal após a apresentação do Gama, e instalando um entreposto comercial ou feitoria retornando com o máximo de mercadorias.
A sua foi a mais bem equipada armada do século XV, integrada por dez naus e três caravelas, transportando de 1.200 a 1.500 homens, entre funcionários, soldados e religiosos. Era integrada por navegadores experientes, como Bartolomeu Dias e Nicolau Coelho, tendo partido de Lisboa a 09 de março de 1500, após missa solene na ermida do Restelo, à qual compareceu o Rei e toda a Corte.
Após 43 dias de viagem Cabral se afasta do litoral africano e avista o Monte Pascoal nome dado por estar naquele momento no período da páscoa Cristã, que fica Localizado em Porto Seguro na Bahia, Cabral teria descido em terra firme apenas no dia 24 de Abril (data de meu aniversário), dando o nome de ilha de Vera Cruz, e a Primeira Missa foi realizada no dia 26 de Abril então domingo de páscoa, pelo Franciscano Frei Henrique Coimbra. Então o escrivão Pero Vaz de Caminha descreve o que vê e encaminha a Coroa Portuguesa a carta que seria a certidão de nascimento do Brasil.
E assim teria nascido o Brasil, que se tornou colônia e maior empresa portuguesa, que duraria 322 anos até sua Independência proclamada pelo português D. Pedro I defensor perpétuo do Brasil, após vários focos de tentativa de emancipação política e econômica do Brasil em Relação a Portugal.

Tiradentes:

Um desses focos foi o de Tiradentes, morto ironicamente 21 de abril de 1792, faltando um dia para completar-se 292 anos de descobrimento, Joaquim José da Silva Xavier, era português nascido em Minas Gerais, no momento chamado de Inconfidência Mineira que foi nada mais nada menos que um movimento emancipacionista regional, não se tinha de fato a intenção de tornar o Brasil Independente de Portugal , mas serviu de inspiração aos que estavam por vir.
No final do século XVIII, o Brasil ainda era colônia de Portugal e sofria com os abusos políticos e com a cobrança de altas taxas e impostos. Além disso, a metrópole havia decretado uma série de leis que prejudicavam o desenvolvimento industrial e comercial do Brasil. No ano de 1785, por exemplo,Portugal decretou uma lei que proibia o funcionamento de industrias fabris em território brasileiro. Os brasileiros que encontravam ouro deviam pagar o quinto, ou seja, vinte por cento de todo ouro encontrado acabava nos cofres portugueses. Aqueles que eram pegos com ouro “ilegal” (sem ter pagado o imposto”) sofria duras penas, podendo até ser degredado.
Tiradentes não foi nenhuma liderança do levante, ao contrário era um militar, que conspirava contra o Estado, há quem diga que Tiradentes eram Maçom, o que não há nenhuma prova documental e pouco provável que isso seja fato real. Outro fato seria sua morte por enforcamento, o que prova que todos os outra com mais pode aquisitivo tenham escapado e sua penas foram evidentemente menores que a de Tiradentes, mas a história tradicional fez sua parte, colocando-o como líder, de cabelos longos e barba, lembrado o Cristo, o Salvador, todos devem saber que naquele momento o condenado deveria ter os cabelos raspados e não usar barba, outro fato o desmente é o fato de Tiradentes ser militar, onde já se viu militar de Barba? De cabelos Longos? Apesar de haver pedido afastamento em 1787, o levante ocorreu em 1789 mesmo ano da revolução francesa e sua execução em 21 de abril de 1792.
Segundo o autor Roberto Lettiére¹ essa foram as condenações dos Inconfidentes: enviado para Angola e Moçambique: Antônio de Oliveira Lopes, Inácio José de Alvarenga Peixoto, José Álvares Maciel Luiz Vaz de Toledo Piza, Antonio de Oliveira Lopes, José Aires Gomes, Salvador de Carvalho do Amaral Gurgel, Tomás Antonio Gonzaga, Vicente Vieira da Mota, Vitoriano Gonçalves Veloso, Domingos de Abreu Vieira Francisco de Paula Andrada, entre outros num total de 84 e o único condenado a forca foi Tiradentes. Dentre as penas de Desterro perpétuo, Degredo temporário, açoitamento público declaração de memória infame a filhos e netos( Cláudio Manoel da Costa), os inconfidentes estavam classificados em 15 militares, 7 clérigos, 1 banqueiro, 1 professor, 4 funcionário públicos, 12 bacharéis em direito, 23 fazendeiros, 1 sacristão, 1 contador, 2 alfaiates, 2 topógrafos, 4 engenheiros, 7 comerciantes e 4 médicos.
O feriado em homenagem a Tiradentes foi decretado por Eurico Gaspar Dutra então presidente do Brasil no ano de 1950 por meio da lei 1266 de 08 de Dezembro, em seu Artigo 3º que diz: Art. 3º É feriado nacional o dia 21 de abril, consagrado à glorificação de Tiradentes e anseios de independência do país e liberdade individual.

Aniversário de Brasília :

É comemorado no mesmo dia do aniversário de Roma e quem passa em frente ao palácio do Buriti verá a frente uma loba alimentando seus dois filhotes: Rômulo e Remo fundadores de Roma pela mitologia. A estátua foi um presente do governo italiano a capital do Brasil.


*Vítor Andrade
Licenciado em História

Nenhum comentário: