28 de dez de 2011

O que Deixaremos para 2012

*Vítor Andrade



Depois, de tantas histórias que eu já ouvi que o mundo vai acabar em 2012, logo pensei que triste o fim da humanidade, e o Brasil? Estamos deixando um país que não valoriza o professor e nem aos profissionais em educação, um pais que produz muito, gera renda e riqueza, mas não distribui, fica concentrado nas mãos das elites, somos o 6º potência do mundo, mas a população ainda não sentiu esse crescimento.




O Brasil vai rumo ao fim da humanidade com 16 milhões de analfabetos, e 26% da população vivem abaixo do nível da pobreza, isso sem levar em conta os que vivem na pobreza absoluta, é a 6ª potência do mundo e a melhor universidade brasileira classificada no ranking mundial é UsP que ficou em 178º, atrás de Universidades como de Jerusalém e Singapura, vamos deixar para 2012 um país que ainda multa o motorista que não usa cinto de segurança, aí engloba dois fatores, o motorista deveria ter consciência o bastante de usar, e outra que ele está pondo a sua vida em risco e o problema é dele, e isso não é papel do Estado.




Deixaremos para resolver em 2012 o problema do professor de educação infantil com uma hora aula no valor de 6,13, com 40 horas semanais, recebendo no máximo R$ 540,00, o que mal dar para seu sustento, e para sua especialização, o profissional que trabalha na base, na formação no primeiro contato do aluno com a escola. Deixaremos para resolver em 2012 um país que tem estimativa de gastar 5 bilhões em Copa do Mundo, e para educação 7% do PIB, que em 2011 foi de 1, 881 milhões, isso distribuído para 180 mil escolas da educação básica, 2 milhões de professores, e no ensino superior 340 mil docentes para 120 instituições públicas segundo o IPEA, ou seja os números não são suficientes.




Segundo o IBGE ainda temos uma taxa de 21,17% de mortalidade infantil no Brasil, ainda é um número muito elevado para um país que é a 6ª maior potência do mundo, os maiores fatores são pobreza, falta de políticas públicas que aí englobam a educação, e a falta de informação, estamos prestes a comemorar 512 anos de “descobrimento” e as coisas só vêm piorando, a falta de formação descente para nosso povo está sendo colhida agora, ainda vêm alguns economistas comemorarem avanços econômicos, isso é o mínimo que o governo deve fazer, estamos a mercê de muitos problemas, a falta de saneamento básico no Brasil é de 32% da população, ou seja o país gera riqueza e não distribui, o Brasil tem em média 137 homicídios por dia, ficando muito perto dos números de mortos em guerras como por exemplo a guerra do Iraque.



Essa talvez seja uma triste retrospectiva de 2011, ou melhor, de raio-X da sociedade, mas uma sociedade que não valoriza a educação está condenada ao fracasso, ao contrário de países como Japão e Coréia do Sul que foram reconstruídos após guerras,e que enxergaram na educação a saída para a maioria de seus problemas, quando a população parar de reclamar do Estado e começar a agir as coisas irão se ajeitar, reclamar é um ponto de fuga, espero que parlamentares não acreditem no fim do mundo para 2012, pois irão sugar os cofres público em um ano, espero que as pessoas não esperem o fim do mundo para reagirem em relação ao meio ambiente, a educação, a segurança,a prudência no trânsito e ao coletivo ao invés do individualismo, que possamos pular o carnaval de verdade, para comemorarmos o fim do racismo,da homofobia, da corrupção, das crianças de rua,para deixarmos uma sociedade Justa e Perfeita para as gerações futuras, onde seremos lembrados pelo bom exemplo e boas ações.






Vítor Andrade


Professor de História

2 comentários:

André Cordeiro .·. disse...

Ir.·. Vitor.....boa tarde.
Meu nome é André Ernesto Biazus Cordeiro, sou de Paranavaí, PR, cirurgião dentista. Recebi de meu pai e tbém Ir.·. um conto escrito por vc.
Tomei a liberdade de escrever e me apresentar porque achei a leitura muito interessante e gratificante. Se possível entre em econtato pelo meu e-mail: andrecordeiro67@hotmail.com

André Cordeiro .·. disse...

Bom dia Ir.·..
Gostaria de uma ajuda sua como professor de história para um trabalho para ser apresentado. Por favor entre em contato....andrecordeiro67@hotmail.com
TFA.